2017 | Grupo Dominus - -Todos os direitos reservados.

Entenda tudo sobre Startups e como sua empresa pode se tornar uma

January 25, 2019

 

 

 

 

 

 

Muito tem se falado em startups nos últimos anos, mas muitas pessoas ainda não sabem o que são ou porque essas empresas são consideradas tão importantes na atualidade. Por isso, nós vamos esclarecer para você de forma simples e fácil sobre o que as startups são, representam e te dar algumas dicas de como criar a sua.

 

O que é uma startup?

 

Simplificadamente, startup é um modelo de negócio escalável e repetível criado em um cenário extremamente incerto.

 

Traduzindo cada termo, podemos dizer que cenário extremamente incerto é criar um negócio que atue em um mercado incomum, novo, de maneira que não é possível afirmar se terá sucesso ou será realmente rentável.

 

Um negócio escalável é como ele pode crescer de forma constante, mas sem alterar o modelo de negócio. De forma que sua receita tenha crescimento recorrente, assim como a margem de lucro sempre em crescimento, mas por outro lado, os custos aumentam de forma bem mais lenta.

 

Negócio repetível é conseguir entregar o mesmo produto ou serviço de forma e escala ilimitada, sem diferenças ou customizações para cada cliente.

 

Exemplos de startups:

 

1.  O que seria inovador no mercado?

 

Como uma startup age em mercados incertos, pesquisar o que ainda não existe é a melhor opção, ou você pode pesquisar o que existe, mas não é explorado da melhor forma, lenta ou que você acha que conseguiria agregar mais valor para seu cliente com outras características.

 

Um detalhe importante: busque sobre temas que você tem expertise, afinal, fica mais fácil de reconhecer esses problemas quando você é um usuário, sabe o processo e como pode melhorar, ou conheça alguém que faz.

 

2.  Foque na ideia

 

Depois de reconhecer o problema, busque saber se ideia realmente atende a necessidade do coletivo. É importante pensar em grande escala, você não terá uma startup se poucas pessoas precisarem do seu produto. Valide sua ideia antes de desenvolver.

 

3. Use criatividade e tecnologia

 

Depois de encontrar a solução perfeita para o problema do seu público, você precisa analisar a melhor forma de entregá-lo, e para isso, é importante usar a tecnologia a seu favor.

 

Você precisa desenvolver o produto e a forma de entregar e é ideal que seja o menos burocrático possível, sim, as startups fazem a diferença na hora da entrega da solução, podemos usar como exemplo a Nubank que trouxe como diferencial o serviço 100% digital, além de taxas menores do que os bancos convencionais e também QuintoAndar que permite locar um imóvel pela internet sem precisar de seguro fiança, pois a própria empresa arca com os custos.

 

4. Agora você precisa apresentar sua solução ao mundo

 

Depois de desenvolver seu produto/serviço você precisa mostrar o seu negócio para o mercado, por isso, é importante usar o marketing a seu favor. Dê preferência para o marketing digital, pois o seu cliente, provavelmente, vai estar nas redes sociais e internet em geral.

 

 

5. Se manter no mercado

 

Você precisa se manter em constante evolução. Tentar aperfeiçoar o produto, criar pacotes diferentes e novas formas de entrega, por exemplo. Principalmente porque se sua ideia for realmente muito boa, outras empresas podem aprimorá-la e entregar com algumas características a mais.

 

Agora que você já sabe o que é e como criar a sua startup, que tal colocar sua ideia para funcionar? É importante ser persistente e saber quanto seu investimento vai custar, assim você não corre o risco de parar no meio do caminho. Quer mais conteúdos como este, nos siga nas nossas redes sociais.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes