2017 | Grupo Dominus - -Todos os direitos reservados.

Entenda de vez o Blockchain

June 7, 2018

“A tecnologia move o mundo”, Steve Jobs. Todos os dias vemos uma novidade sobre algo tecnológico, pode ser um carro, um novo produto, software e agora nós temos o Blockchain. Caso você já tenha procurado sobre, já deve fazer ideia do que se trata, caso não, vamos explicar de uma forma mais fácil de compreender.

 

Como surgiu Blockchain?

 

Hoje o termo tem se desvinculado do Bitcoin, mas sua origem veio com a criptomoeda.

 

O mundo estava em crise financeira e passando por um processo de bolha imobiliária (quando as pessoas atrasam ou deixam de pagar a hipoteca, além de deixarem de comprar imóvel), então surge o Bitcoin, como aconteciam transações na tão frágil internet, surgiu o Blockchain para ajudar a passar mais segurança nas transações feitas na rede.

 

Quando falamos que a internet é frágil, pensamos no quanto as informações podem ser alteradas, copiadas e até trocadas. Então como controlar uma moeda em que as transações eram feitas através da internet?

 

Com o Blockchain! Ele permite que os dados não sejam adulterados ou copiados, aliás, ele permite, porém muda a validação do item para que fique evidente.

 

Usando o Blockchain, o usuário não pode gastar a mesma moeda duas vezes.

 

O que é?

 

Blockchain é uma espécie de conceito, uma estrutura de montagem e agrupamento de banco de dados. Hoje não é usado apenas para controle de criptomoedas, simplesmente por que pode ser usado para várias outras coisas.

 

Porém o blockchain mais conhecido é o que lida com as transações do Bitcoin.

 

Alguns gostam de compará-lo com um livro razão. Porém uma característica que ele possui, é que ele trabalha de maneira descentralizada e distribuída. Isso quer dizer que qualquer um pode ter acesso.

 

Como funciona?

 

Antes de tudo, vamos aprender o que é o HASH. 

 

Imagine que você use o one drive, google drive ou outros, você tem a opção de gerar um link para compartilhar um arquivo, esse arquivo automaticamente passa a ter sua própria identidade, em forma de link, e diferente dos links, esse código usado não possui um padrão específico.

 

Ele é como uma função de criptografar dados, você pode incluir nele um arquivo imenso e ele comprime para poucas letras e números. Ele cria a impressão digital/identidade de um arquivo.

 

No caso do blockchain, as informações são uma rede de blocos que são conectados, ligados em cadeia, junto com cada conteúdo de bloco há uma impressão digital.

 

No caso da moeda criptografada bitcoin, esse conteúdo é uma transação financeira. 

 

 

Funciona mais ou menos assim, no primeiro bloco vai ser criado uma impressão digital, quando é feita uma transação, ele carrega a informação nova em uma nova com a informação anterior e cria uma nova impressão, e segue em cadeia dessa forma criptografando as transações.

 

O hash cria um selo no conteúdo do bloco, caso haja qualquer alteração, seu selo será alterado, o hash muda, isso possibilita a verificação e sinalização se caso algum bloco tenha sido alterado, assim então ele será invalidado.

   

Digamos que o Blockchain possui 4 passos:

 

1 - Registra uma específica transação;

 

2- Faz com que a transação fique anônima;

 

3- Faz a oficialização da transação;

 

4- Cria o código para que a transação seja imutável.

 

O hash é quem define todos esses passos, simplificando, caso alguém tente alterar a transação, por exemplo, se alterar uma vírgula sequer,todo o código vai ser alterado.

 

Quais as vantagens do Blockchain?

 

Além da confiabilidade na operação, o blockchain traz transparência e segurança  as informações.

As informações do blockchain são compartilhadas com toda a rede, porém você pode ter privacidade ocultando as partes que não devem ser expostas, como o endereço de alguém.  

 

Um documento que não pode ter alterações depois de registrado. 

 

É possível até firmar contratos e transações, de acordo com os termos estabelecidos, as transações são verificadas pelos participantes da rede e não podem sofrer fraude.

 

De  todo modo, o blockchain facilita a vida daqueles que fazem transações pela internet, principalmente por que algumas moedas criptografadas estão muito valorizadas no mercado. Porém o conceito vai muito além desse uso.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes